Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Em Curso Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por Croco em Seg 27 Ago 2018, 21:49

GNR

Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão
27 de AGOSTO de 2018 - 20:09
Militares integravam equipa que combate o incêndio.
Três dos cinco militares da GNR queimados no incêndio desta segunda-feira no concelho de Mourão (Évora) são "feridos graves", tendo um sido levado para o Hospital de Évora e os outros dois para Coimbra e Porto, revelou o INEM. Fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) disse à agência Lusa que os cinco militares da GNR feridos no fogo, com queimaduras, são todos homens.
Um deles, de 32 anos, precisou a fonte, seguiu para o Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) na ambulância de suporte imediato de vida (SIV) de Moura.
Fonte do HESE contactada pela Lusa confirmou que o militar "já deu entrada" na unidade e está "em avaliação" pela equipa médica.
Os outros dois elementos da GNR, que "inspiram maiores cuidados" foram transportados de helicóptero, acrescentou da fonte do INEM, explicando que um, de 39 anos, foi levado para os Hospitais da Universidade de Coimbra e que o outro, de 30 anos, foi transportado para o Hospital de São João, no Porto.
Do grupo de cinco elementos da GNR feridos, os dois restantes "foram assistidos no local e não necessitaram de mais cuidados".
A presidente da Câmara de Mourão, Maria Clara Safara, revelou à Lusa que os cinco militares da GNR pertencem à equipa do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) sediada em Moura, no distrito de Beja.
Segundo a autarca, que tem o pelouro da Proteção Civil municipal, estes militares integravam a equipa do meio aéreo que participava nas operações de combate ao fogo. Porém, não soube explicar como foram atingidos pelas chamas.
O incêndio deflagrou por volta das 16:30, no Monte do Canhão, no concelho de Mourão, lavrando numa área de pasto, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora.
A presidente da câmara indicou à Lusa que o incêndio começou junto à fronteira com Espanha, mobilizando meios portugueses e espanhóis, e que já se encontra dominado desde as 19:00.
O combate às chamas mobiliza 72 operacionais, com o apoio de 24 viaturas, dos bombeiros, da GNR e do INEM, contando ainda com quatro meios aéreos.
Além dos dois helicópteros do INEM que estiveram no local, os bombeiros estão a ter o auxílio de dois aviões de combate a incêndios.
https://www.tsf.pt/sociedade/interior/incendios-tres-dos-gnr-feridos-no-incendio-de-mourao-com-ferimentos-graves---inem--9768453.html
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 50
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 8093
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por carlos ferreira em Ter 28 Ago 2018, 01:39

As melhoras aos camaradas.
Coragem e muita força.
avatar
carlos ferreira
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 41
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 103
Meu alistamento : 2000

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por Fox Mulder em Ter 28 Ago 2018, 16:03

A Presidente da Câmara (?!) é que prestou as declarações! Sendo a principal e única fonte de informação sobre o assunto.
Nem uma palavra dos Bombeiros ou da GNR...
E entretanto um dos populares que assistiu já falou para a comunicação social a contar a sua versão dos factos.

Desejo que possam recuperar todos os camaradas envolvidos, a maior sorte para os mesmos.
avatar
Fox Mulder
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 33
Profissão : Agente de Autoridade
Nº de Mensagens : 285
Mensagem : "Sucesso não é o final, falhar não é fatal: é a coragem para continuar que conta."
Meu alistamento : 2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por PINTAROLAS em Ter 28 Ago 2018, 16:04

Rápidas melhoras aos camaradas, são os votos da administração/moderação do Fórum GNR.

_____________________________________________
Regras
Utilizadores com acessos especiais
Posto Virtual/Expediente
Facebook Fórum GNR
UTILIZAR FUNÇÃO "BUSCAR"
Linha de Apoio Psicossocial 800962000
Wink
avatar
PINTAROLAS
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 40
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 7770

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por Guarda que anda à linha em Ter 28 Ago 2018, 16:38

BOLETIM DE INFORMAÇÃO INTERNA
28 de agosto de 2018
 
 
 
 
 
Como é do conhecimento geral, cinco militares do Centro de Meios Aéreos (CMA) de Moura, do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) ficaram ontem feridos, no decurso das operações de combate ao incêndio de deflagrou em Mourão. Enquanto vosso Comandante-Geral gostaria de lamentar o ocorrido e de garantir que o Comando da Guarda tudo fará para minimizar o sofrimento dos militares envolvidos e dos seus familiares.
Neste momento, é possível afirmar que dois dos militares envolvidos, considerados feridos ligeiros e a quem, num primeiro momento, foi prestado apoio psicológico, manifestaram entretanto vontade de regressar ao serviço, numa atitude que considero ser bem demonstrativa do espírito dos nossos militares, estando já integrados com o restante efetivo do CMA.
No que concerne aos restantes três militares da equipa, considerados feridos graves, estão os mesmos hospitalizados nas principais unidades de queimados do país, designadamente no Porto, em Coimbra e em Lisboa, estando a ser acompanhados pelos melhores especialistas. De acordo com as últimas informações prestadas pelos respetivos centros hospitalares, o prognóstico é, neste momento, reservado relativamente ao estado de saúde dos militares internados no Porto e em Coimbra. Acredito, contudo, que a sua força e determinação – bem patentes na forma como diariamente se entregam a esta profissão de risco – farão a diferença e, juntamente com as preces dos seus familiares, às quais me associo, resultarão numa recuperação que todos desejamos que seja rápida e total.
Saliento que o Comando da Guarda tem, desde o primeiro momento, estado em contacto permanente com as respetivas famílias dos nossos militares, a quem tem sido prestado apoio psicológico, através de equipas do Centro de Psicologia e Apoio Social (CPIS), a par da disponibilização de meios de transporte para as unidades hospitalares e condições de alojamento nas suas imediações.
 
Militares da Guarda Nacional Republicana,
Neste momento particularmente difícil, aqui garanto que o Comando da Guarda continuará a acompanhar de perto esta situação. Estou certo que somos 23 000 militares orgulhosos da bravura dos nossos militares do GIPS – que, diariamente, contribuem para o combate ao flagelo dos incêndios rurais –, mas também 23 000 militares unidos e com o pensamento e as energias positivas concentrados nos nossos camaradas e na sua recuperação.
 
Militares do GIPS,
O vosso Comandante-Geral deixa uma palavra de alento e de incentivo a todos vós que, estou certo, vivenciais este momento de forma particularmente emotiva. Sei que o vosso lema continuará a ser seguido: “Se fosse fácil, não era para nós”.
 
 
Quartel em Lisboa-Carmo, 28 de agosto de 2018
 
O Comandante-Geral
Luís Francisco Botelho Miguel
Tenente-general

Não é por nada mas, estou a gostar da atitude do nosso novo CG. A primeira situação foi a do juiz que quis tramar os nossos camaradas, em que o nosso CG de imediato se colocou do lado deles. E agora, com este comunicado considero que também esteve bem.

Esperemos que assim continue a defender os seus soldados da lei, em todas as situações nesta mui nobre função de risco, de perigo e de desgaste a que diariamente se oferecem em prol da grei.

As melhoras aos camaradas envolvidos.
avatar
Guarda que anda à linha
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 52
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 1303
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por Pato em Ter 28 Ago 2018, 18:33

Demagogia...

As melhoras aos camaradas, que tudo se recomponha, rápidas melhoras.
avatar
Pato
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 36
Profissão : Militar da ex-GNR/BT(extinta)... de luto.. faz tu!!!
Nº de Mensagens : 790
Mensagem : \"Ranger\" vontade e valor... - Lamego \"Os furões\"


Meu alistamento : 2030- EPG/GIA, - AIP - Curso de Trânsito.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por COELHO.X em Ter 28 Ago 2018, 18:53

Guarda que anda à linha escreveu:
BOLETIM DE INFORMAÇÃO INTERNA
[size=75]28 de agosto de 2018[/size]
 
 
 
 
 
[size=76]Como é do conhecimento geral, cinco militares do Centro de Meios Aéreos (CMA) de Moura, do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS) ficaram ontem feridos, no decurso das operações de combate ao incêndio de deflagrou em Mourão. Enquanto vosso Comandante-Geral gostaria de lamentar o ocorrido e de garantir que o Comando da Guarda tudo fará para minimizar o sofrimento dos militares envolvidos e dos seus familiares.[/size]
[size=76]Neste momento, é possível afirmar que dois dos militares envolvidos, considerados feridos ligeiros e a quem, num primeiro momento, foi prestado apoio psicológico, manifestaram entretanto vontade de regressar ao serviço, numa atitude que considero ser bem demonstrativa do espírito dos nossos militares, estando já integrados com o restante efetivo do CMA.[/size]
[size=76]No que concerne aos restantes três militares da equipa, considerados feridos graves, estão os mesmos hospitalizados nas principais unidades de queimados do país, designadamente no Porto, em Coimbra e em Lisboa, estando a ser acompanhados pelos melhores especialistas. De acordo com as últimas informações prestadas pelos respetivos centros hospitalares, o prognóstico é, neste momento, reservado relativamente ao estado de saúde dos militares internados no Porto e em Coimbra. Acredito, contudo, que a sua força e determinação – bem patentes na forma como diariamente se entregam a esta profissão de risco – farão a diferença e, juntamente com as preces dos seus familiares, às quais me associo, resultarão numa recuperação que todos desejamos que seja rápida e total.[/size]
[size=76]Saliento que o Comando da Guarda tem, desde o primeiro momento, estado em contacto permanente com as respetivas famílias dos nossos militares, a quem tem sido prestado apoio psicológico, através de equipas do Centro de Psicologia e Apoio Social (CPIS), a par da disponibilização de meios de transporte para as unidades hospitalares e condições de alojamento nas suas imediações.[/size]
 
[size=76]Militares da Guarda Nacional Republicana,[/size]
[size=76]Neste momento particularmente difícil, aqui garanto que o Comando da Guarda continuará a acompanhar de perto esta situação. Estou certo que somos 23 000 militares orgulhosos da bravura dos nossos militares do GIPS – que, diariamente, contribuem para o combate ao flagelo dos incêndios rurais –, mas também 23 000 militares unidos e com o pensamento e as energias positivas concentrados nos nossos camaradas e na sua recuperação. [/size]
 
[size=76]Militares do GIPS,[/size]
[size=76]O vosso Comandante-Geral deixa uma palavra de alento e de incentivo a todos vós que, estou certo, vivenciais este momento de forma particularmente emotiva. Sei que o vosso lema continuará a ser seguido: “Se fosse fácil, não era para nós”.[/size]
 
 
[size=76]Quartel em Lisboa-Carmo, 28 de agosto de 2018[/size]
 
[size=76]O Comandante-Geral[/size]
[size=76]Luís Francisco Botelho Miguel[/size]
[size=76]Tenente-general[/size]
[size=76]Não é por nada mas, estou a gostar da atitude do nosso novo CG. A primeira situação foi a do juiz que quis tramar os nossos camaradas, em que o nosso CG de imediato se colocou do lado deles. E agora, com este comunicado considero que também esteve bem.[/size]
[size=76]Esperemos que assim continue a defender os seus soldados da lei, em todas as situações nesta mui nobre função de risco, de perigo e de desgaste a que diariamente se oferecem em prol da grei.
[/size]
[size=76]As melhoras aos camaradas envolvidos.
[/size]
Antes demais as melhoras aos meus camaradas de luta! militar que tudo corra pelo melhor.


Ps)
Gostava de ver uma explicação também sobre o ENORME ATRASO NAS PROMOÇOES A CABO E GP E A INJUSTIÇA TRAZIDA PELAS MESMAS..POIS UNS SAO FILHOS DA MAE E OS OUTROS!!!!
Pois se para uma coisa é bom como refere e o resto???
Desculpem o off topic! militar
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 40
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5391
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por sineense em Ter 28 Ago 2018, 23:45

As melhoras aos camaradas.
avatar
sineense
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 49
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 243
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por Raí em Ter 28 Ago 2018, 23:58

As rápidas melhoras aos camaradas!!!

_____________________________________________

avatar
Raí
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 45
Profissão : Militar da G.N.R
Nº de Mensagens : 1584
Mensagem : Antes de me criticares tenta superar-me
Meu alistamento : 1995

http://www.g-sat.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Três GNR feridos com gravidade no incêndio de Mourão

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo