Cinco militares da GNR presos por sequestro e agressões

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Em Curso Cinco militares da GNR presos por sequestro e agressões

Mensagem por dragao em Qui 09 Maio 2019, 21:06

2019-05-08 13:00

PJ deteve um quinto militar da GNR suspeito. Em causa estão violentas agressões que são suspeitos de terem infligido a dois imigrantes nepaleses, que trabalhavam na agricultura na zona de Vila Nova de Milfontes, na sequência de um desentendimento entre uma das vítimas e o patrão.
Cinco militares da GNR, que em outubro de 2018 estavam colocados em postos do baixo Alentejo, de Odemira e Vila Nova de Milfontes, foram detidos pela Polícia Judiciária de Setúbal por crimes de sequestro, ofensas à integridade física agravadas e invasão de domicílio, sabe a TVI.

Em causa, violentas agressões que são suspeitos de terem infligido a dois imigrantes nepaleses, que trabalhavam na agricultura na zona de Vila Nova de Milfontes, na sequência de um desentendimento entre uma das vítimas e o patrão.

Anteriormente, em comunicado, a PJ anunciou que, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, conjuntamente com os comandos territoriais de Beja e de Setúbal da GNR, teve em curso uma operação que para dar cumprimento a quatro mandados de detenção emitidos pela autoridade judiciária competente, contra militares colocados à data dos factos nos postos da GNR de Odemira e de Milfontes, mas acabou por deter um quinto militar suspeito dos mesmos ilícitos.

Um dos militares, próximo do empresário agrícola, estava presente num encontro entre este e alguns funcionários. Aí surgiu um conflito entre um dos imigrantes e o patrão, tendo o elemento da GNR saído em defesa do amigo.

Mais tarde, sabendo onde dormiam os imigrantes, o guarda chamou pelo menos três outros militares da GNR, de dois postos, que são suspeitos de terem levado a cabo um ataque pessoal de vingança - invadindo uma casa particular onde sequestraram e agrediram violentamente quer o imigrante que tivera a discussão com o patrão, quer outro homem que saiu em socorro da vítima.

Há testemunhas destes crimes, que denunciaram os mesmos à hierarquia da GNR, e nessa altura foi acionada a PJ de Setúbal - que avançou com várias inquirições e outras diligências para obtenção de prova, o que culminou com a operação desta manhã.

Entretanto, sabe a TVI, os militares em causa foram transferidos para outros postos, onde a PJ os deteve hoje. Serão, amanhã, presentes ao tribunal de Odemira para aplicação de medidas de coação.

https://tvi24.iol.pt/sociedade/08-05-2019/quatro-militares-da-gnr-presos-por-sequestro-e-agressoes
dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 50
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 21118
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Cinco militares da GNR presos por sequestro e agressões

Mensagem por dragao em Qui 09 Maio 2019, 21:11

2019-05-09 19:22

Militares da GNR detidos por agressões foram suspensos; um ficou em prisão domiciliária

Os cinco militares da GNR detidos pela Polícia Judiciária de Setúbal por crimes de sequestro, ofensas à integridade física agravadas e invasão de domicílio, ficaram suspensos de funções, apurou a TVI.

Um dos militares ficou também em prisão domiciliária e outro ficou sujeito a termo de identidade e residência.

O caso remonta a outubro de 2018, quando os militares da GNR estavam colocados em postos do baixo Alentejo, de Odemira e Vila Nova de Milfontes. Os cinco detidos são suspeitos de, na altura, terem agredido dois imigrantes nepaleses, que trabalhavam na agricultura na zona de Vila Nova de Milfontes, na sequência de um desentendimento entre uma das vítimas e o patrão.

Um dos militares, próximo do empresário agrícola, estava presente num encontro entre este e alguns funcionários. Nessa reunião, surgiu um conflito entre um dos imigrantes e o patrão e o elemento da GNR terá saído em defesa do amigo.
https://tvi24.iol.pt/sociedade/09-05-2019/militares-da-gnr-detidos-por-agressoes-foram-suspensos-um-ficou-em-prisao-domiciliaria
dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 50
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 21118
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo