"Legionella" já matou quatro pessoas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

"Legionella" já matou quatro pessoas Empty "Legionella" já matou quatro pessoas

Mensagem por dragao Dom 09 Nov 2014, 21:10

 


Mais duas pessoas morreram, este domingo, no hospital de Vila Franca de Xira, e uma outra no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, elevando para quatro o número de mortes por "legionella". A Direção Geral de Saúde está a investigar uma possível quinta vítima da bactéria. O número de internados subiu para 180, 24 dos quais nos Cuidados Intensivos.
O número de mortes por legionella na região da Grande Lisboa subiu para quatro, disse, este domingo, o diretor-geral da Saúde, confirmando o último caso.
Leia Também

  • Vazio legal impede ficalização da qualidade do ar em edifícios
  • Todos os casos de "legionella" em Lisboa têm ligação a Vila Franca de Xira
  • Banhos em ginásio proibidos e para passar a ferro com proteção
  • Saúde 24 já recebeu 90 telefonemas devido a "legionella"
  • "Legionella" já matou quatro pessoas InfografiaConselhos para evitar infeção por "legionella"

TAGS
Sociedade

"Temos 180 casos confirmados dos quais 24 internados em cuidados intensivos, e quatro óbitos e há uma quinta situação que ainda está em investigação em termos de diagnóstico, mas que irá seguramente juntar-se a estes quatro casos", disse Francisco George à entrada para uma reunião na Direção Geral de Saúde.
"A eventual quinta morte por legionella não aconteceu no hospital de Vila Franca de Xira", disse à Lusa uma fonte oficial do hospital.
O hospital de Vila Franca de Xira já registou 96 casos de doentes infetados com legionella, tendo registado mais duas mortes este domingo, que se somam à primeira vítima mortal, um homem de 59 anos, segundo uma nota de imprensa enviada à Lusa.
"Até às 12 horas de hoje (domingo), foram registados 96 casos diagnosticados com a infeção por legionella no Hospital de Vila Franca de Xira", lê-se no documento, que explica que "desde o último ponto de situação, registaram-se dois óbitos, um homem de 66 anos de idade, e uma mulher de 81 anos, ambos com história clínica de patologia diversa e grave".
Sobre o tempo médio de espera no serviço de urgência, diz-se que é de 15 minutos e garante-se que o hospital "ativou os mecanismos necessários para responder a este aumento de procura excecional, encontrando-se em articulação com as autoridades de saúde".
JN


Última edição por dragao em Ter 11 Nov 2014, 23:17, editado 2 vez(es)
dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 52
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 21796
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

"Legionella" já matou quatro pessoas Empty Re: "Legionella" já matou quatro pessoas

Mensagem por dragao Dom 09 Nov 2014, 21:20

Surto Afinal, o que é a legionella?

Mas afinal o que é a legionella?

Conhecida também pela doença dos legionários, a legionella é uma bactéria que vive em ambientes aquáticos: lagos, rios, tanques ou águas termais. Mas não só. Também se encontra nos sistemas artificiais de abastecimento e na rede de distribuição de água, no sistema do ar condicionado, em humidificadores e em qualquer lugar que tenha águas paradas.

Francisco George disse que é preferível optar por banho sem duche e que deve ser evitada a "grande pressão" das torneiras. “A cabeça do duche pode ser submersa numa solução de água com lixívia, desde que tenha o odor próprio da lixívia", acrescentou o diretor da Direção-Geral da Saúde.

Quais são os sintomas?

Os sintomas confundem-se com os de uma pneumonia: tosse, febres altas e dificuldade em respirar.

Como se transmite?

Tal como explicou ontem Francisco George, “esta infeção só se transmite de uma forma especialmente bizarra, só respirando a água pelas gotículas, pelos aerossóis”. Por esta razão, as pessoas não devem “ter receio de beber água”, assegurando que a mesma pode ser utilizada para cozinhar e para beber. A doença também não se transmite de pessoa para pessoa, como uma gripe.

Quais são os grupos de risco?

As pessoas que se tornam mais vulneráveis a esta bactéria têm normalmente mais de 50 anos. Mas não é tudo. Potenciais vítimas desta infeção são também as pessoas que fumam, que padecem de doenças respiratórias, que tenham uma imunidade debilitada ou que estejam a realizar tratamentos de quimioterapia.

Como se trata?

Nos casos menos graves através de antibióticos. Se se tratar de casos mais graves será necessário internamento hospitalar.

Noticias ao minuto
dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 52
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 21796
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

"Legionella" já matou quatro pessoas Empty Re: "Legionella" já matou quatro pessoas

Mensagem por dragao Dom 09 Nov 2014, 21:23

Legionella: deve evitar duches, mas água pode ser consumida

O diretor-geral da Saúde, Francisco George, aconselhou hoje as pessoas a não tomar duches nem utilizar hidromassagens ou jacuzzis até que seja identificada a fonte da infeção por 'legionella', mas garantiu que é seguro consumir água da rede pública.
Em declarações aos jornalistas no final de uma reunião de urgência das autoridades de saúde devido ao surto de 'legionella', que já causou 90 casos, a maioria dos quais no concelho de Vila Franca de Xira, o responsável disse que há medidas de prevenção "que podem ser tomadas desde já".
Uma vez que a contaminação ocorre por inalação da bactéria, que vive em meio aquático, deve ser evitada a formação de gotículas de água, mencionou, afirmando estar em causa "sobretudo [o concelho de] Vila Franca de Xira".

Francisco George disse que é preferível optar por banho sem duche e que deve ser evitada a "grande pressão" das torneiras.

Por outro lado, "a cabeça do duche pode ser submersa numa solução de água com lixívia, desde que tenha o odor próprio da lixívia", referiu.
Para quem tem termoacumuladores, a temperatura deve ser mantida acima dos 75 graus, porque a bactéria "não tem condições de crescimento" acima deste valor.

"Aqueles que utilizam hidromassagens, jacuzzis, até termos a fonte de infeção identificada, não devem" fazê-lo, avisou.

Francisco George sublinhou que as pessoas não devem "ter receio de beber água".

"A água pode ser utilizada na cozinha, para beber. Esta infeção só se transmite de uma forma especialmente bizarra, só respirando a água pelas gotículas, pelos aerossóis", disse.

O diretor-geral de Saúde apelou ainda aos portugueses para que estejam atentos à informação sobre este assunto que é veiculada pelos órgãos de comunicação social de referência.

Noticias ao Minuto

dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 52
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 21796
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

"Legionella" já matou quatro pessoas Empty Re: "Legionella" já matou quatro pessoas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo