Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para baixo

Em Curso Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por dragao 8/6/2022, 19:35

A proposta dita que, a partir de 2035, deixe de ser possível colocar no mercado na União Europeia veículos com motor de combustão interna.

O Parlamento Europeu aprovou esta quarta-feira a controversa medida que propõe o fim das vendas de veículos com emissões poluentes até 2035, no âmbito do pacote climático ‘Fit for 55′.

Depois de votadas alterações específicas dentro da proposta para o setor automóvel, esta avançou. O relator da proposta declarou que se havia chegado a um “bom compromisso”, anunciado que o diploma foi aprovado com 339 votos a favor, 249 contra e 24 abstenções.

A proposta da Comissão Europeia para o setor automóvel fixa o objetivo de eliminar a 100% as emissões de automóveis de passageiros ou veículos comerciais ligeiros com motor de combustão interna, ou seja, movidos a combustíveis fósseis. Na prática, tal implica que, a partir de 2035, deixe de ser possível colocar no mercado na União Europeia (UE) este tipo de carros.

Apesar da aprovação, a lei ainda não é definitiva. A votação de quarta-feira confirma a posição do Parlamento para as próximas etapas nas negociações que decorrem entre o Conselho da União Europeia, o Parlamento Europeu e a Comissão Europeia. A aprovação final é sempre do Conselho, ou seja, dos 27 Estados-membros.

O secretário-geral da Associação Automóvel Portugal (ACAP), Helder Pedro, considerou, em declarações ao ECO/Capital Verde esta quarta-feira, à margem da Electric Summit, que as metas que foram a discussão são “muito estritas”, defendendo que os objetivos definidos para 2035 são “prematuros”. No seu entender, estes deviam ser discutidos não já, a treze anos, mas por volta de 2028, quando faltassem apenas 7 anos para o prazo final, tendo em conta a evolução tecnológica que se verificasse na altura.

Para já, Helder Pedro vê como “essencial” o reforço dos incentivos à mobilidade mais limpa – diz que por exemplo o apoio à compra de automóveis elétricos em Portugal está aquém do de outros países, que chegam a apresentar o dobro. Além disso, vê como importante um plano a 10 anos para a rede de carregamentos elétricos.

Eurodeputados rejeitam propostas reforçadas da comissão ambiental
Além desta, os eurodeputados devolveram à Comissão do Ambiente, da Saúde Pública e da Segurança Alimentar (ENVI, sigla em inglês) três outras medidas que visavam reforçar os esforços da União Europeia em reduzir, até 2030, 55% do total das emissões de gases com efeitos de estufa (GEE).

Um dos diplomas era referente ao Sistema de Comércio de Emissões (ETS, em inglês ou CELE em português), que propunha uma redução global das emissões em 61% até 2030, comparativamente a 2005, nos setores responsáveis por cerca de 45% das emissões de GEE na União Europeia. São eles os responsáveis pela queima de combustíveis, a refinação de óleos minerais, a metalurgia, a produção de clínquer, cal e vidro, a cerâmica, a pasta e papel, os químicos e a aviação. A proposta defendia que fossem abrangidos os transportes aéreos, marítimos e terrestres e ainda os alojamentos.

Também o Mecanismo de Ajuste de Carbono Fronteiriço (CBAM, em inglês) foi rejeitado pelos parlamentares. A medida proposta pela comissão ambiental pretendia entre outros objetivos, estabelecer um imposto sobre o carbono nos produtos importados, a fim de proteger as empresas europeias que têm de reduzir as emissões de gases com efeito de estufa até 2030. O mecanismo abrangia materiais como o aço, o cimento, fertilizantes, alumínio e eletricidade.

No grupo das rejeições, surge também o Fundo Social para o Clima, um pacote que visava apoiar os cidadãos da União Europeia mais afetados ou em risco de pobreza energética ou de mobilidade. A proposta pedia que o fundo concedesse um financiamento de 72.200 milhões de euros durante 7 anos, para a renovação de habitações e edifícios que utilizem mais energias renováveis e sejam mais eficientes do ponto de vista energético.

Mais mulheres nas administrações públicas das empresas da UE
Em sentido inverso, os eurodeputados reconheceram valor na proposta no âmbito dos critérios de Ambiente, Social e Governança (ESG, na sigla em inglês) ao aprovaram um decreto que dita que pelo menos 40% dos administradores não executivos devem ser mulheres.

A chamada Diretiva “Women on Boards” visa introduzir procedimentos de recrutamento transparentes nas empresas, de modo a que pelo menos 40% dos cargos de administração não executiva ou 33% de todos os cargos de administração sejam ocupados por mulheres, de forma a colmatar a falta de representação.

Graças ao Parlamento, as empresas devem cumprir esta meta até 30 de junho de 2026, face à proposta do Conselho de 31 de dezembro de 2027. Nos casos em que os candidatos sejam igualmente qualificados para um lugar, a prioridade deve ser dada ao candidato do sexo feminino, lê-se no documento da Comissão Europeia.

Segundo os dados do executivo comunitário, apenas 30,6% dos membros das comissões executivas das empresas na União Europeia são mulheres, sendo que este valor varia entre Estados-membros. Portugal encontra-se ligeiramente acima da média europeia, com cerca de 31%.

O Parlamento aprovou também a proposta referente às reduções anuais obrigatórias das emissões de GEE pelos Estados-membros, no âmbito do Regulamento Partilha de Esforços, a fim de cumprir os compromissos assumidos no âmbito do Acordo de Paris, e a proposta referente ao Uso do Solo, Alteração do Uso do Solo e Florestas (LULUCF) que reforça o compromisso de alcançar coletivamente a neutralidade climática nos setores do uso dos solos, das florestas e da agricultura até 2035.

https://eco.sapo.pt/2022/06/08/parlamento-europeu-aprova-fim-dos-carros-a-combustao-em-2035/
dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 53
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 22323
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por mimsy 15/6/2022, 15:16

Venda de carros a combustão....novos.
mimsy
mimsy
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 41
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 893
Meu alistamento : AIP

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por Guarda que anda à linha 15/6/2022, 15:51

Com a UE, com pouco mais de duas dezenas de países e cerca de 450 milhões de cidadãos, a querer  dar o exemplo para o resto do mundo que tem vários milhares de milhões de cidadãos (veja-se só a China e a Índia), sobre a questão dos combustíveis fósseis. Como se o lítio (que querem nos fazer crer que é limpo, que não é fóssil, que é eterno, e que a sua extração e produção não tem efeitos nefastos elevadíssimos) que vai substitui os combustíveis fósseis. Assim como a electricidade/painéis solares que vai ter de se produzir para alimentar os carros electricos não fosse também ela produzida de combustíveis fósseis, quem se lixa, à conta desta ilusão, são os cidadãos da UE. Basta ver o que está a acontecer em Portugal com o preço do gasóleo/gasolina (que já eram altíssimos antes da guerra) que por este andar, um dia destes estão ao preço do ouro.
Estes burocratas de Bruxelas, através destas decisões estapafúrdias, e agora refiro-me só ao meu país onde nasci, e no qual vivo, não descansam enquanto não voltarmos ao tempo do burro e da carroça, e pregarem com a população a viver como no tempo dos meus avós e dos meus pais, altura em que eu ia e vinha a pé prá escola, quer chovesse ou fizesse sol, ao contrário do meu filho que ia e vinha no conforto do carrito a gasolina. 
Guarda que anda à linha
Guarda que anda à linha
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 56
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 1849
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por Guarda que anda à linha 17/6/2022, 14:13

Os burocratas de Bruxelas, que nos querem vender o peixe de que os carros eléctricos são limpos, e verdes por dentro. Ver aqui O Lado Negro das Energias Verdes https://vimeo.com/475654691 e que os nossos meios de locomoção/transporte com pouco mais de mil e poucos centímetros cúbicos, a gasóleo e gasolina, que diariamente utilizamos como meio de transporte e de trabalho são os causadores de todos os males que existem no mundo todo e arredores. E, por tanto, à que erradicá-los da face da terra (diga-se da Bruxelândia) senão o mundo acaba. O que é que têm a dizer sobre isto?

Lisboa é a sexta cidade europeia mais poluída pelos navios de cruzeiro https://zap.aeiou.pt/lisboa-poluida-navios-cruzeiro-261113

“Em relação a 2017, a Zero comparou dados da Federação com o inventário oficial de emissões de óxido de enxofre da Agência Portuguesa do Ambiente, e concluiu que “as emissões dos navios de cruzeiro na costa portuguesa foram 86 vezes superiores às emissões da frota automóvel que circula em Portugal (5.100 toneladas em relação a 59 toneladas, respetivamente), tendo representado mais de 10% do total das emissões nacionais de óxidos de enxofre (5.100 toneladas em relação a 47.500 toneladas”.
Guarda que anda à linha
Guarda que anda à linha
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 56
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 1849
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por carlos morais 20/6/2022, 08:53

È mesmo para obrigar os pobres, a andarem oura vez de autocarro. E enviam os carros velhos para o 3º. Mundo.
avatar
carlos morais
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 62
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1171
Mensagem : Pela Patria e pela Lei
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!
1983

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por Guarda que anda à linha 20/6/2022, 11:54

O problema é que os hipócritas de Bruxelas que, com a ilusão hipócrita de que os cidadãos da UE têm de mudar o mundo, e têm de ser um exemplo para o resto do mundo. Dizendo que as alternativas aos combustíveis fósseis, como o lítio e demais metais raros utilizados nos carros elétricos, são verdes e limpinhos e não são também estes materiais fósseis, e como tal também se esgotaram um dia. Dizem-no porque, por enquanto, esses materiais verdes, limpinhos e fósseis estão a ser explorados e esburacados lá do outro lado do mundo muito longe dos olhares fofinhos dos cidadãos da UE. Porque, quando começarem a ser esburacados e explorados cá no velho continente à vista dos cidadãos fofinhos e iludidos da UE, provavelmente a coisa muda de figura.
Entretanto, à conta disso, para manter a ilusão hipócrita de que estamos muito preocupados com a poluição do mundo (excepto com a situação dos cruzeiros que podem poluir à vontade) e particularmente em Portugal, carrega-se no povo que trabalha, chupando-os até ao tutano, com taxas e taxinhas nos combustíveis e nos impostos, como no IUC, dos seus meios de transporte e de locomoção com pouco mais de mil e pouco CC altamente poluidores. 
Guarda que anda à linha
Guarda que anda à linha
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 56
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 1849
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por zucatruca 24/6/2022, 07:17

Se alguém estiver interessado em desfazer-se do seu carro a combustão, nós aqui no nosso Posto aceitamos, se for de borla é claro!
zucatruca
zucatruca
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 52
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 209
Mensagem : eu sei que sim
Meu alistamento : muitos anos disto.

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por moralez 24/6/2022, 09:38

O que quase ninguém sabe é que um carro "verde" é, pura e simplesmente um mito.
O processo de extrair e transformar o lítio em baterias para um carro elétrico causa mais poluição e mais impacto ambiental do que em toda a vida útil desse carro se ele fosse a gasolina ou diesel.
moralez
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 6734
Mensagem : bla
Meu alistamento : 2004

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por GForce 24/6/2022, 13:59

Visualizem este documentário e tirem as vossas conclusões.....

https://www.youtube.com/watch?v=stxkY2JelZ0
GForce
GForce
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 42
Profissão : GNR Infantaria/Territorial
Nº de Mensagens : 384
Mensagem : Carpe Diem
Meu alistamento : 2004 - E.P.G/G.I.A - Turma F
CpCb 2011/2012 - CFFF 1.º Turno

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por Guarda que anda à linha 24/6/2022, 15:51

GForce escreveu:Visualizem este documentário e tirem as vossas conclusões.....

https://www.youtube.com/watch?v=stxkY2JelZ0

Eu já o tinha colocado num comentário mais atrás.

Infelizmente vivemos num mundo de hipócritas e de aldrabões que nos querem fazer querer que quando os carros eléctricos substituírem os a combustão, a poluição acaba.

Alguns pensam até, que o litio de tão verde que é, provavelmente deve nascer nas árvores. Mas, quando o começarem a explorar ao pé das portas das suas casas, num instante vão mudar de opinião.

Outra questão vai ser as redes de energia e espaços necessários para o carregamento de milhares de carros eléctricos, ao contrário dos espaços minúsculos de hoje (estações de serviço/bombas de combustível) que são reduzidíssimos e em pouco número. Imaginem um prédio de vários andares/apartamentos sem garagens e com poucos estacionamentos à porta. Onde é que estas pessoas vão carregar os seus carros eléctricos?

Depois vão ser os impostos altíssimos introduzidos nas facturas da electricidade e nos IUC para suportar  as redes de energia, assim como a produção de electricidade que vai ter de ser muito maior que hoje para suportar os carregamentos de milhares de veículos. Assim como, os impostos para suportar a exploração do lítio e a poluição que tal exploração implica.

Mas estas são as questões e realidades negras que os políticos e ambientalistas hipócritas e mentirosos nos tentam esconder.
Guarda que anda à linha
Guarda que anda à linha
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 56
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 1849
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por Guarda que anda à linha Ontem à(s) 15:30

"Não é falta de ambição, é prudência". Costa justifica proposta para adiar fim dos carros a combustão

https://observador.pt/2022/06/24/nao-e-falta-de-ambicao-e-prudencia-costa-justifica-proposta-para-adiar-fim-dos-carros-a-combustao/

Será que já estão a cair na mesma realidade onde o comum dos mortais está?
Guarda que anda à linha
Guarda que anda à linha
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 56
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 1849
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Parlamento Europeu aprova fim dos carros a combustão em 2035

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Ir para o topo Ir para baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para o topo

- Tópicos semelhantes