Militar da GNR baleado no ombro na madrugada desta terça-feira, em Alcanena

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para baixo

Em Curso Militar da GNR baleado no ombro na madrugada desta terça-feira, em Alcanena

Mensagem por dragao Ter 5 Jul - 15:18

Um militar da GNR, de 27 anos, foi esta terça-feira de madrugada baleado em Alcanena, no distrito de Santarém. Não foram feitas detenções nem identificados suspeitos. Militar está livre de perigo.

Um militar da GNR foi atingido a tiro num ombro, depois de esta terça-feira de madrugada a patrulha a que pertencia ter surpreendido um grupo de pessoas numa zona de edifícios abandonados, nas imediações do hipermercado Intermarché, em Alcanena, no distrito de Santarém.

O incidente, avançado pela CNN, foi confirmado e descrito ao Observador por fonte do comando geral da GNR. O carro em que seguia o militar baleado fará regularmente patrulha naquela zona devoluta. Depois de se terem apercebido de movimentações estranhas, os militares decidiram parar e averiguar o que se passava — e foi aí que foram surpreendidos pelos disparos.

Assistido no Hospital de Santarém, de onde deverá ter alta ao longo das próximas horas, o militar baleado foi considerado um ferido leve e está fora de perigo.

Não foram, até ao momento, feitas detenções nem identificados suspeitos.

https://observador.pt/2022/07/05/militar-da-gnr-baleado-no-ombro-na-madrugada-desta-terca-feira-em-alcanena/
dragao
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 55
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 23327
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Ir para o topo Ir para baixo

Em Curso Re: Militar da GNR baleado no ombro na madrugada desta terça-feira, em Alcanena

Mensagem por Guarda que anda à linha Ter 5 Jul - 15:55

É por estas e por outras é que ainda não consegui compreender porque é que as profissões de militar da GNR e agente da PSP, não são consideradas profissões de risco, de perigo, e de desgaste rápido.

Já morreram mais militares da GNR e agentes da PSP em serviço desde 2000 para cá, do que os próprios militares das forças armadas, em serviço, desde que terminaram as guerras no ultramar em abril de 1974.

"31 polícias da PSP e GNR perderam a vida em serviço desde 2000. Estas são histórias que dão rosto aos números"

https://visao.sapo.pt/atualidade/sociedade/2022-03-29-31-policias-da-psp-e-gnr-perderam-a-vida-em-servico-desde-2000-estas-sao-historias-que-dao-rosto-aos-numeros/

As melhoras ao camarada.
Guarda que anda à linha
Guarda que anda à linha
Sargento-Chefe
Sargento-Chefe

Masculino
Idade : 58
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 2038
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Ir para o topo Ir para baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir para o topo

- Tópicos semelhantes